PSIQUIATRA ou PSICOLOGO

Médico PSIQUIATRA ou PSICOLOGO

Bem Resumido, abaixo mais abrangente.

– PSICOLOGO: realiza avaliações psicológicas e acompanhamento psicológico também, através da terapia psicológica

Já o PSIQUIATRA,

– PSIQUIATRA: previne e trata sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional em fases psicológicas severas.

Quando devo procurar um PSICÓLOGO?

Infelizmente, muitas vezes as pessoas só procuram ajuda quando o problema já está apresentando sintomas gravíssimos. Uma vez que há casos em que é necessário ou aconselhável procurar ajuda psicológica, segue aqui uma lista de sinais que indicam que você deve procurar um psicólogo, abaixo alguns possíveis alertas:
  1. O passado o acompanha constantemente
  2. Você se sente um grande desconforto, sofrimento ou fica triste a maior parte do tempo.
  3. Não conseguir enxergar claramente o futuro
  4. Crise existencial
  5. Você sente que não tem controle sobre sua vida
  6. Pensamentos negativos constantes
  7. Você sente muita raiva contra o ambiente em que vive
  8. Você não está bem com seu parceiro
  9. Você se sente estressado
  10. Você tem problemas para dormir
ENTÃO! Esperamos que não seja o seu caso mas se for ou conhecer alguém assim, recomende a terapia, pois tudo acompanhado por um profissional como o PSICÓLOGO ficará bem melhor.

O que o PSICÓLOGO faz?

Psicólogo é um profissional que busca entender os comportamentos e as funções mentais do ser humano. Ele aplica métodos científicos para compreender a psiquê humana e atuar no tratamento e prevenção de doenças mentais e melhorar sua qualidade de vida.

A função do psicólogo?

É trabalhar nas queixas associadas aos conflitos internos da pessoa, que invariavelmente geram incômodos à própria pessoa ou às pessoas do seu universo de relacionamento (amigos, colegas de trabalho, filhos, namorado, esposa etc)

Quando devo procurar um PSICÓLOGO INFANTIL / PEDIÁTRICO?

Muitas das vezes não entendemos nossas crianças mas percebemos que pode haver algo errado com elas. Algumas vezes você pergunta o que ela tem e ela diz que não é nada.

Abaixo alguns situações que podem ser que haja necessidade de um acompanhamento do Psicólogo Infantil (Terapia Infantil):
  • Recusar-se a ir a escola repentinamente
  • Chorar em demasia
  • Dificuldade em acompanhar o que dado na escola
  • Excesso de necessidade de contato com a mãe ou pai
  • Recusa em estar próximo de uma pessoa específica
  • Comportamentos agressivos repentinos
  • Demora em falar ou andar
  • Xixi na cama
  • Pesadelos
  • Pedidos frequentes para dormir com os pais
Essas situações podem ser indício de que a ajuda de um psicólogo infantil, fique sempre atento aos seus filhos, pois no início tudo é muito mais simples.

Quando devo procurar um PISQUIATRA?
  • Na maioria das vezes os Psicólogos que encaminham
  • Quando já se faz tratamento ou
  • Quando se percebe algum transtorno como a relação abaixo dos transtornos mais comuns.
  1. ANSIEDADE como , a síndrome do pânico e as fobias dente outros.
  2. DEPRESSÃO sintomas como irritabilidade, insônia ou excesso de sono, apatia, emagrecimento ou ganho de peso, falta de energia ou dificuldade para se concentrar dentre outros
  3. ESQUIZOFRENIA caracterizado como uma síndrome que provoca distúrbios da linguagem, pensamento, percepção, atividade social, afeto e vontade
  4. TRANSTORNOS ALIMENTARES Anorexia nervosa é caracterizada pela perda de peso intencional provocada pela recusa à alimentação dentre outros
  5. ESTRESSE PÓS-TRAUMATICO é a ansiedade que surge após ser exposto a alguma situação traumática
  6. SOMATIZAÇÃO transtorno em que a pessoa apresenta múltiplas queixas físicas, referentes a diversos órgãos do corpo mas que não consegue explicar
  7. BIPOLARIDADE é a doença psiquiátrica que provoca oscilações imprevisíveis no humor
  8. “TOC” exagero em limpeza, obsessão por lavar as mãos, necessidade de simetria ou impulsividade por acumular objetos, por exemplo. Dentre outros tipos de transtornos.
Deixar de procurar um psiquiatra implica em excluir essas pessoas do tratamento.

O que o PSIQUIATRA faz?

É a especialidade da medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional, com manifestações psicológicas severas.

É um médico de formação que se especializou na identificação, diagnóstico e tratamento medicamentoso das desordens mentais.

Trata de depressão, ansiedade, insônia estas são doenças “de louco”? E as doenças que envolvem alucinações e delírios muitas vezes são induzidas por drogas cujo tratamento também cabe ao psiquiatra. Referir-se a elas como loucura implica em excluir essas pessoas do tratamento? Cuidado!

Deixar de procurar um psiquiatra por considerar que o paciente não precisa “não é louco” implica em excluir essas pessoas do tratamento.

Cuidado!

A ignorância pode afastá-los da cura de sua condição e o preconceito pode atrasar sua vida ou de uma pessoa querida, que as vezes apenas com um medicação prescrita pelo psiquiatra pode equilibrar a saúde desta pessoa.

Quando devo procurar um PSIQUIATRIA na ADOLESCÊNCIA?

O psiquiatra infantil e adolescente é um médico especializado no diagnóstico e no tratamento de distúrbios de pensamento, sentimento e / ou comportamento que afetam crianças, adolescentes e suas famílias.

Alguns possíveis indicativos:
  • depressão infantil ou depressão pré-adolescente e adolescente.
  • ansiedade severa na infância ou ansiedade na adolescência.
  • comportamento estranho e prejudicial.
  • esquizofrenia.
  • um distúrbio alimentar.
  • um distúrbio grave de conduta.
  • trauma ou outros distúrbios relacionados ao estresse.

Os sinais de alerta comuns que os jovens “problemáticos” podem exibir e os sinais a serem observados incluem:
  • Notas decrescentes; evasão escolar.
  • Mudanças extremas de humor; temperamento volátil.
  • Tristeza persistente, desesperança, perda de interesse.
  • Pensamentos ou ações suicidas.
  • Auto-mutilação, como corte da pele.
  • Uso habitual de tabaco, drogas e / ou álcool.

Comments are closed.